Wattpad, o novo agente literário!

Olá, olá, readers!


Eu sou a Fabi, a redatora do blog World Fabi Books e estou aqui para bater um papo com vocês em parceria com o Café de Autores!


E para fazer jus a essa equipe maravilhosa que está trabalhando aqui (algo que é assustador, pois neste site só tem gente FODOLÓNICA), resolvi começar com um post sobre o Wattpad!


Bom... Se você não sabe o que é, eu explico sem problema algum: Wattpad é uma espécie de rede social voltada para a escrita “on-line”, onde leitores, escritores e fãs podem escrever e encontrar enredos dos mais diversos gêneros e estilos, ficcionais, baseados em fatos reais, romances, humor, contos, fantasias, crônicas, terror, suspenses, trillers, fanfics, etc... E a cada capítulo postado, é possível compartilhar e comentar depois de lidos.


E se acha que “deve ser complicado mexer em um site assim”, pode se tranquilizar! Eu mesma utilizo o Wattpad e lhes garanto que, além de interessante, tem uma interface muito simples e “auto didática”. Em poucos cliques, consegue-se compreender com facilidade a rede social e logo dá aquela vontade de participar dela (seja como autor ou leitor).



Sabe uma curiosidade muito interessante? De uns tempos para cá, muitas editoras, inclusive no Brasil, estão de olho nos nomes em destaque no Wattpad e chamando esses escritores para terem seus livros publicados!


Ou seja, o Wattpad não é apenas uma ferramenta de escrita e/ou leitura, mas também uma vitrine muito prática e de rápido alcance. Um exemplo bem conhecido disso é a escritora Anna Todd, autora da série “After”.

Reza a lenda de que Todd era uma pós-adolescente recém-casada, que não sabia bem o que queria da vida e que, como nós, era uma ávida leitora e viciada no mundo da literatura. Certo dia, a americana descobriu numa rede social gratuita, com foco em celulares e tablets, a solução para o tédio atrás do balcão da loja em que trabalhava...


Assim, graças ao Wattpad, ela pegou gosto em acompanhar as histórias escritas pelos usuários da rede e começou ela mesma a escrever seus próprios enredos, dando origem a uma fanfic, cujos personagens eram os integrantes da boy band “One Direction” transportados para uma universidade, com um leve toque erótico e formatado para adolescentes.


E de repente, boom!!!


“After”, sua primeira trilogia, teve mais de um bilhão de visualizações e seis milhões de comentários no aplicativo, arrebanhando uma legião de fãs e, claro, chamando a atenção de grandes editoras e dos estúdios de cinema (pois, para quem ainda não está sabendo, a trama será adaptada pela Paramount).


Além de Todd, outra escritora que bombou nas prateleiras por aí, foi a galesa Beth Reekles, que publicou “The kissing booth” na rede social quando tinha apenas 15 anos, o que lhe garantiu uma bela entrada para a lista de “adolescentes mais influentes de 2013” da “Time”.


E por aqui, em terrinhas brasileiras, já foram lançadas:

  • A paulistana Lilian Carmine, com o livro “Lost boys”, pela Leya;

  • A carioca Nana Pauvolih, com o enredo de “A redenção do cafajeste”, pela Rocco;

  • A sul-mato-grossense Camila Moreira, com a obra “O amor não tem leis”, pela Objetiva;

  • A pernambucana Mila Wander, com o livro “O safado do 105”, pela Planeta;

  • O inglês – filho de uma brasileira com um indiano – Taran Matharu, com o primeiro volume “O Aprendiz” da série “O Conjurador”, pela Galera Record;

  • A americana Laurelin Paige, com a trama de “Por você”, pela Rocco.

Okay! Eu sei que estes últimos dois não são exatamente brasileiros, porém, fizeram um baita sucesso em nosso país.


Portanto, devido a estes famosos exemplos de sucesso e a muitos outros por aí, posso afirmar com segurança que o mercado literário está beeeem atento e interessado em absorver outros talentos surgidos na plataforma.


O Wattpad acabou virando uma espécie de “agente literário”, graças à devoção dos fãs, o que é um fator essencial nessa onda, pois o empenho dos leitores em acompanhar as histórias, comentando e sugerindo modificações, faz com que os autores da rede acabem ganhando uma edição impressa, por se tornarem um alvo da indústria de best-sellers. E a participação, por sua vez, faz com que os leitores se sintam responsáveis por aquela obra.


Como é possível perceber, ele é acessível a qualquer pessoa com um computador (ou smartphone, ou tablet...) com conexão com a internet. O Wattpad é uma rede social como qualquer outra, reunindo autores com trajetórias diversas. Inclusive, gostaria de falar um pouquinho mais de Taran Matharu, já que, para mim, ele é um dos autores com um rumo mais eclético da rede!

Bem diferente de Anna Todd, que caiu nessa de paraquedas, o jovem de 23 anos sempre escreveu, no entanto, guardava suas histórias para si. Quando começou a publicar “O Conjurador”, saga fantástica com elementos de “Harry Potter”, “Pókemon”, “O Senhor dos Anéis” e videogames como “Skyrim”, prometeu publicar um capítulo por dia e, no fim de um mês, já tinha cem mil leitores! E No único dia em que resolveu tirar folga (era seu aniversário), levou bronca dos fãs, coitado... Contudo, isso o encorajou a dar passos maiores, o que resultou em sua ascensão ao mundo da literatura! E para agradecer aos leitores pelo apoio, Matharu está publicando no Wattpad um adendo à sua trilogia, contando a história anterior à de seu primeiro livro.


Para Allen Lau, CEO do Wattpad, o alcance dos autores em outras mídias é benéfico para todos, inclusive para a rede. “O Wattpad nasceu como um meio de dar às pessoas a chance de ler em qualquer lugar, bem como de permitir com que qualquer um compartilhasse conteúdo original. É um espaço em que escritores podem se expressar, testar ideias e se conectar com outros escritores e leitores. E estamos orgulhosos de ter wattpadders reconhecidos dentro e fora da plataforma. Temos projetos que ajudam editores a conectar seus autores aos fãs, além de descobrir novos autores como o concurso que fizemos com a (editora) Harlequin.”, comentou.


Os autores que usam as plataformas virtuais dizem que elas estão mudando o jeito de fazer literatura. O ofício de escritor deixou de ser solitário. Hoje, mais do que leitores, os "wattpadders" têm seguidores! E isso, com certeza ajuda na produção da obra, através dos feedbacks (positivos e negativos) e pelo próprio incentivo.


E aí? Você usa o Wattpad?

Deixe suas considerações sobre essa rede social!

Posts Em Destaque
Posts Recentes