Os irmãos Catalano e a Exposição de Arte "Espelho dos Olhos"

Olá pessoas!



Dia 25.06.16 foi um dia muitíssimo importante para o nosso querido Nicolas Catalano e para sua irmã a Giuliana Catalano. Em conjunto com a prefeitura de Jundiaí e a Casa das Letras e Artes de Jundiaí, o nosso autor mais que especial, inaugurou uma exposição de artes inspirada no seu livro Espelho dos Olhos. Se você ainda não leu, vale a pena. O livro traz, além da história da Evangellyne (que é uma personagem do tipo ame ou odeie), uma série de reflexões sobre questões atuais como preconceito, críticas sociais, reflexões sobre os relacionamentos interpessoais, entre outras "alfinetadas" que o Nicolas nos dá. E com base nisso, a Giu resolveu externar esse conteúdo em forma de arte.


Ok, eu não fui na abertura porque, como alguns sabem, estava com caxumba (ai que revolta!!), mas, consegui espiar os quadros antes. =) Estavam lindos! A Giu é muito talentosa mesmo e soube retratar os personagens muito bem.


A abertura da exposição contou com o Coral Divino em Canto, que o Nicolas participa, regido pela maestrina Cládia de Queiroz. E claro que o Nicolas deu uma palhinha junto com o coral (autor multi-uso é assim: escreve, canta, atua...).


Vou deixar aqui algumas informações sobre o Nicolas e sobre a Giuliana e pra quem quiser, as obras estarão expostas até o dia 15.07.16, lá na Casa das Letras e Artes de Jundiaí (Rua Rangel Pestana, 456 - Centro, Jundiaí - SP, 13201-000), e tem entrada franca. #ficadica



Sobre Nicolas Catalano: Nicolas Catalano é paulista e tem 22 anos. Formado em Comunicação Social e Informática, é amante de coral, música, filmes, videogame, redes sociais, pessoas colecionáveis e café da tarde. À medida que os anos se passaram, Nicolas sentiu extrema necessidade de criar e expressar histórias aos outros; quis tornar-se um escritor. Desde então, vem escrevendo contos, crônicas e ficções pessoais. Em 2011, prestes a lançar uma de suas histórias, teve a infelicidade de tê-la furtada. Porém, mesmo assim, não se abateu e continuou a escrever. Atualmente, ele vive em harmonia com sua família “nada normal”, no sudeste de São Paulo.


Sobre Giuliana Catalano: Com apenas 25 anos, Giuliana Catalano é graduada no curso de psicologia e pós graduada em psicopedagogia. Atualmente, tem um consultório, qual seus atendimentos geralmente se baseiam no uso da arte como expressão. Também, é professora; ministra conteúdos voltados para a área da saúde, orientação educacional e vivencia em grupo. Aos 18 anos, iniciou projetos que envolvem trabalhos manuais, seja em: vestuários, móveis, quadros e decorações de interiores. Seguidora da doutrina budista, acredita que os seres humanos e seres vivos estão totalmente interligados e que todos devemos ter total respeito à natureza e gratidão por tudo que nos cerca. Acredita que a arte, em qualquer uma de suas modalidades, pode transformar os seres humanos no melhor que eles possam ser.


Sobre o Coral Divino Em Canto: O CORAL DIVINO EM CANTO foi criado em 1998, a fim de dar oportunidade aos professores, funcionários e pais de alunos do Colégio Divino Salvador (Jundiaí) de participarem de uma atividade musical. Depois de alguns anos o grupo passou a ser aberto a toda a comunidade. Tem na sua direção artística e regência, desde sua fundação, a maestrina Cláudia de Queiroz. O coral tem como pianista Leandro Toledo e, desde 2012, conta com o trabalho de preparação vocal da soprano Débora Lorenti Lupianhe. Desde sua criação até 2007, em conjunto com os outros grupos musicais do Colégio, realizou diversos espetáculos cênicos e temáticos. O Coral vem participando anualmente do Encontro de Corais promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, e também de encontros em outras cidades do Estado (Campo Limpo Paulista, São Paulo, Campinas, Morungaba, Sorocaba, Vinhedo, Piracicaba e Salto). Desde 2009 vem realizando intercâmbio com grupos de Jundiaí e de outras cidades, o que resultou nas séries “Sons da Cidade” e “Música Sacra em Concerto” ( que já contou com grupos de Campinas, São Paulo, Alumínio, Ribeirão Preto, Várzea Paulista, Votorantim e Alfenas-MG). Em 2009 participou da gravação da faixa “Trenzinho”, do CD inVerso,, de Renata Iacovino e Valquíria Malagoli. Em 2014, realizou o concerto "Jundiaí in Concert", resultado de um trabalho de pesquisa sobre os compositores da cidade de Jundiaí, e que contou com a presença do cantor e compositor Claudio Nucci.


Espero que tenham gostado do post, e se você foi ou pretende ir à exposição, conta pra gente! Manda sua foto! =)

Beijos,

Dáfne P. Freitas

Posts Em Destaque
Posts Recentes